Escrita criativa

Um escritor, como um atleta, deve “treinar” a cada dia. O que eu fiz hoje para “manter a forma”? 
(Susan Sontag)

Embora cercado pela mística da musa e da inspiração, o ofício de escritor é, na realidade, um aprendizado recheado de acertos e falhas, como todo aprendizado. O grande texto nasce mais do exercício e da prática constante do que da inspiração miraculosa. Ou, como disse Neruda, é 1% inspiração e 99% transpiração.

JimCarreyTyping

Existem muitas formas de exercitar a escrita. A mais básica, importante – diria mesmo primordial – é escrever todo dia. Mas também é importante sair do seu quadradinho e exercitar outras características fundamentais ao escritor: observação, empatia e criatividade. Para isso existem muitos exercícios, desde a escolha aleatória de um tema, escrever uma história a partir de uma imagem ou uma música, observar uma cena na rua e começar uma história a partir dela, e tantos outros quanto sua imaginação alcançar. Estrambólico, conto publicado hoje aqui no blog, nasceu de um exercício assim: escrever um pequeno texto a partir da proposição “alguém estranho”. Pirei um pouco na maionese – ou seria pizza? – mas, afinal, somos todos um pouco estranhos, não é? 😉

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.